• Fernanda

Preciso de ajuda?

Actualizado: 15 de ago de 2019

“Sim, não, que nada, isso não é pra mim, agora não, talvez, me da preguiça…”


Existem alguns momentos na vida, que pensamos nessa pergunta e também com a mesma naturalidade, respondemos que não precisamos ou deixamos para outro momento, entre outras respostas.

Com este primeiro texto no blog, meu objetivo é que você reflita um pouco, que olhe para dentro e se você chegar na conclusão de que você precisa de ajuda, tome atitude e procure alguém que possa te acompanhar nesse momento.


Onde existe sofrimento, existe uma distância considerável entre o que você realmente quer (o que o seu corpo quer) e o que você tem que fazer (o que a mente quer).


Quando falo desse conflito (do corpo com a mente), tento explicar essa dualidade que temos em vários momentos na vida, por exemplo, quando temos que tomar uma decisão e sentimos que não estamos confortáveis com o que fizemos, mesmo que já tenhamos a decisão tomada e muito bem pensada. Na minha opinião, isso ocorre por duas razões:

quando a mente está comandando a situação. Estas são as crenças, valores, opiniões das demais pessoas, o pensamento do que vão pensar de mim, etc…Isso é o que mais pesa numa decisão.quando a sua consciência corporal ainda nao está ativada. O corpo é o único que te demonstrará sem “filtros” o que você quer de verdade. Quando você ativar essa consciência, este será o seu melhor “GPS” no caminho da sua felicidade.


Procurar o equilibrio entre a mente e o corpo, é o que muitas atividades introspectivas tentam transmitir aos seus praticantes e esse é o objetivo, de encontrar esse espaço repleto de paz e sabedoria, que todos temos dentro para fluir nessa vida.


Essa é uma das razões do amadurecimento da consciência humana, que sustenta aquela tão famosa frase do meu conterrâneo Paulo Coelho: “o aprendizado sempre chega quando você está pronto”, que certamente vem do proverbio antigo zen “quando o discípulo está pronto, o mestre aparece. E eu colocando o meu grãozinho de areia nesse mundo, sempre adapto essa frase nas minhas conversas: “na vida, as coisas somente acontecem quando a pessoa está pronta para recebê-la e aproveitá-la". Se adiantamos esse processo de amadurecimento, estragamos tudo e não desfrutaremos da conquista como se merece.


De que outro sinal você precisa para viver em harmonia e fazer o que realmente quer?

“Quem olha pra fora, sonha ; quem olha pra dentro, acorda.” (Carl Gustav Jung)


Se você gostou dessa reflexão, compartilhe com os seus amigos em qualquer rede social e também me envie o seu feedback (clique aqui), vou adorar saber como você se sentiu.


E se você sente que é um bom momento para você investigar um pouco mais sobre esse tema ou outros, entre em contato comigo (clique aqui) para saber mais detalhes de como posso te ajudar.